♂Saúde ♀ diversas categorias - dicas♀

♂Saúde ♀ diversas categorias - dicas♀

Pesquisar

05/12/2018

Os riscos de uma batida na cabeça



As crianças se movimentam, brincam e correm. Devido a sua imaturidade mental assumem alguns riscos físicos sem medir bem as consequências. Frequentemente sofrem acidentes. A maioria delas alguma vez recebeu de outra criança um golpe na cabeça ou eles mesmos bateram sozinhos. Tudo isto é normal que aconteça.
O que já não é tão normal - e, além disso, desaconselhável e arriscado - é que os pais não tomem precauções para reduzir o perigo físico que suas crianças correm e ignorem que medidas devem tomar diante desses traumatismos na cabeça, que são "normais" e a maioria das vezes sem grande consequências, mas nem por isso estão isentos de riscos.
Ensinar aos pequenos aquilo que é permitido fazer e aquilo que não, assim como os perigos de certas atividades e proteger suas cabeça com capacetes quando realizarem algum jogo ou atividade esportiva, como andar de bicicleta ou de patins, são algumas medidas elementares para prevenir um problema que causa 20% de consultas pediátricas de urgência: as pancadas no crânio.
Segundo dados dos Institutos Nacionais da Saúde (NIH, na sigla em inglês) dos Estados Unidos, a cada ano, milhões de pessoas sofrem um traumatismo na cabeça. A maioria destas lesões são leves, porque os ossos do crânio proporcionam uma proteção considerável ao cérebro. Os sintomas do golpe também são menores e geralmente desaparecem por si sós.
No entanto, de acordo com o NIH, mais de meio milhão de traumatismos cranianos por ano são suficientemente severos a ponto de requerer uma hospitalização e um tratamento médico urgente, por isso que aprender a reconhecer um traumatismo craniano grave e administrar os primeiros socorros básicos pode fazer a diferença entre salvar a vida de uma pessoa ou não.
Pancada na cabeça? Aja rápido!
"Para se assegurar de que quem bateu a cabeça não terá consequências graves ou fatais, devem ser tomados certos cuidados, embora não apresente sintomas nem tenha ficado inconsciente e pareça estar bem inicialmente", segundo o médico Greg O'Shanick, da Associação Americana para a Lesão Cerebral (BIAA, em inglês), em Washington.
Segundo o especialista americano é imprescindível permanecer com a pessoa que bateu a cabeça, não deixá-la sozinha, ou pelo menos se assegurar de que sempre haja alguém presente, cuidando dela e observando suas mudanças de comportamento.
No caso de quem bateu a cabeça ficar sonolento, irritável ou confuso, pareça bêbado, repita coisas ou tenha dificuldades para caminhar e falar, O'Shanick recomenda levar a pessoa imediatamente a um serviço médico de urgência, para que a situação seja avaliada.
Segundo o especialista da BIAA, além dos idosos, quem toma anticoagulantes ou sofre uma intoxicação, um dos grupos de risco com o qual é preciso ter um cuidado especial são as crianças, porque elas têm maiores possibilidades de sofrer uma lesão cerebral.
De acordo com o pediatra Miguel Bermejo Pastor, da Associação Espanhola de Pediatria de Atenção Primária (AEPAP), "os traumatismos crânio-encefálicos são problemas ou preocupações frequentes desde muito tenra idade e há poucas mães que não tenham consultado seu pediatra para perguntar o que fazer quando seu filho sofre um golpe na cabeça. A metade dos TCEs (traumatismos crânio-encefálicos) acontecem em menores de 15 anos".

...

"Para algumas crianças, o primeiro TCE se deve à queda de uma cama, na idade em que começam a se virar. Posteriormente, devido a sua natural e ilimitada curiosidade, começarão a explorar até o último cantinho da casa, por isso que serão mais propensos aos acidentes", assinala.
"Se sua criança sofreu um golpe na cabeça e para de chorar antes de um quarto de hora, tem uma boa cor, não vomita nem tem outros sintomas, é pouco provável que tenha acontecido uma grande lesão. É preciso permitir-lhe retomar sua vida normal, mas observando-a um pouco mais durante pelo menos 24 horas", explica Miguel.
"Se a criança apresenta um ferimento que sangra abundantemente, é preciso comparecer a um hospital próximo para sua avaliação. Se não há ferimento, para diminuir o tamanho do hematoma basta apertá-lo ligeiramente com um pedaço de gelo envolvido em uma gaze ou pano. Para aliviar a dor podem ser administrados analgésicos como paracetamol ou ibuprofeno", segundo este médico.
O que fazer, o que evitar?
"Se a pancada foi forte, a princípio é conveniente, para observá-la, que a criança permaneça acordada e no caso de dormir, despertá-la a cada 2-3 horas para se assegurar que esteja bem", segundo o pediatra.
O especialista da AEPAP recomenda aos pais que consultem seu pediatra se a criança apresentar qualquer destes sintomas: "Vômitos repetidos, inércia crescente ou dificuldade para despertá-la, dor de cabeça intensa ou dor e dificuldade para movimentar o pescoço, sensação de enjoo progressivo, convulsões ou movimentos estranhos da face e das extremidades".
Também é preciso buscar ajuda médica se ela apresentar: incapacidade para se movimentar, diminuição da força ou sensação de formigamento, alteração do comportamento ou das reações, diferença de tamanho entre as pupilas de ambos os olhos, alterações da visão ou "olhos virados", e se fala de forma estranha ou diz incoerências.
Como evitar o golpe seguinte? Se a criança é pequena, Miguel aconselha mantê-la sempre à vista em casa e na rua levá-la pelas mãos. Se a casa tem escadas, convém pôr uma barreira de proteção. Além disso, os andadores podem ser perigosos, especialmente nas casas com escadas.
"Os berços e as camas elevadas devem ter uma proteção suficientemente alta que evite as quedas. Se a criança é capaz de sair do berço, é que chegou o momento de passá-la para uma cama", aconselha Miguel.
Segundo este pediatra "é preciso seguir estritamente as normas de segurança para o transporte das crianças em automóvel em função de sua idade e peso, e promover o uso do capacete quando andam de bicicleta, skate ou patins, pois este item pode evitar traumatismos cranianos."
"Quanto mais cedo seu filho souber as regras básicas de segurança viária (como e quando atravessar uma rua, entre elas), muito melhor. É preciso procurar prevenir com o exemplo", assinala Miguel.

 fonte:
/mundo/

Por María Jesús Ribas
Da EFE

" O que é a superbactéria KPC?"


"  Recentemente tem-se noticiado em todos os meios de comunicação sobre uma nova epidemia: a superbactéria KPC que está atacando os brasileiros e, acima de tudo, causando mortes. Mas o que é essa tal de superbactéria KPC? Como se proteger? Como ela é transmitida e quais os sintomas? A resposta para todas essas e outras perguntas você confere neste artigo."

"   O QUE É A SUPERBACTÉRIA KPC?

 
A Klebsiella pneumoniae Carbapenemase (KPC) é um mecanismo de resistência de bactérias a um grupo de antibióticos. Ao adquirir uma enzima, a bactéria se tornou resistente a um grupo de antibióticos, incluindo os mais potentes contra infecções. Traduzindo: uma pessoa que está infectada com algum tipo de bactéria, ao tomar antibióticos para combater a mesma, algumas acabam resistindo ao medicamento e transmitem essa resistência às outras bactérias, criando assim uma superbactéria.
COMO SE PROTEGER DA SUPERBACTÉRIA KPC?

 
Uma das causas da proliferação da superbactéria é a falta de uso de materiais de higiene médico-hospitalar básicos como luvas, máscaras e álcool, além da falta da prática de hábitos, como o de lavar as mãos após o contato com pacientes. Portanto, a forma de se proteger é mais que óbvia: ter higiene.

COMO É TRANSMITIDA E QUAIS OS SINTOMAS DA SUPERBACTÉRIA KPC?
A bactéria pode ser transmitida por meio do contato direto, como o toque, ou pelo uso de objetos. A lavagem das mãos é uma das formas de impedir a disseminação da bactéria nos hospitais. Os principais sintomas são pneumonia e infecção urinária. Ela atinge principalmente pessoas hospitalizadas com baixa imunidade, como pacientes de Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

COMO SE PROTEGER DA SUPERBACTÉRIA KPC?
- Evite ambientes hospitalares, mas se for necessário, lave bem as mãos e utilize álcool gel. Faça isso antes e depois de sair do ambiente.


- Evite tocar nos objetos de hospitais, como portas, balcões, mesas e qualquer acessórios.


- Evite uso de antibióticos que não sejam realmente necessários. Procure seu médico antes de ir à farmácia comprar remédios.

QUE MEDIDAS O GOVERNO BRASILEIRO ESTÁ TOMANDO PARA COMBATER A SUPERBACTÉRIA KPC?                            

O ministro da Saúde, José Gomes Temporão, pediu neste domingo (24) tranquilidade em relação à proliferação da superbactéria KPC. "  A população fique tranquila porque essa é uma situação que acontece apenas em ambiente hospitalar e em pacientes debilitados", disse ele após participar de encontro em São Paulo sobre a definição de diretrizes para minimizar o risco cardíaco em pacientes em tratamento contra o câncer.

Segundo o ministro, com a adoção de medidas pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), "  a situação vai ficar sob controle".

Entre as ações da Anvisa, está a norma que determina a retenção da receita médica na compra de antibióticos. Isso para impedir muito o que hoje é um problema seríssimo, que é a automedicação, o uso abusivo e indiscriminado. Uma das formas de evitar a contaminação é exatamente o uso desnecessário e indiscriminado de antibióticos.

A Anvisa anunciou na última semana a obrigatoriedade da instalação de dispensadores de álcool em gel nos hospitais e clínicas públicas e particuladres.

A anvisa também recomenda os cuidados de higiene tanto dos profissionais de saúde quanto das pessoas que visitam os pacientes. O simples ato de lavar as mãos pode evitar muita coisa.

MAPEAMENTO DOS CASOS DE SUPERBACTÉRIA KPC NO BRASIL

Atualmente não existe um diagnóstico sobre a expansão da contaminação pela KPC no país. Os registros oficiais ainda estão restritos ao Distrito Federal, com 183 casos e 18 mortes, e aos estados do Paraná, com 24 casos; da Paraíba, com 18; do Espírito Santo, com três; de Minas Gerais, com 12; de Santa Catarina, com três; de Goiás, com quatro; e de São Paulo, com 70 casos e 24 mortes. Os dados são da Anvisa e das secretarias estaduais de Saúde."






fonte e créditos:
http://www.castrodigital.com.br



25/05/2018


Mais uma vez sobre cãibras nas pernas. 


O que fazer


Cãibras nas pernas: 

de onde elas vêm e como lidar com 

isso


Cãibras nas pernas acontecem de repente e afetam as 

pernas, panturrilhas e isquiotibiais.

Na verdade, esta dolorosa contração involuntária dos 
músculos das pernas. Na maioria das vezes, as câimbras 
ocorrem quando uma pessoa dorme ou descansa.

Eles duram de alguns segundos a 9 minutos
após essas 
contrações involuntárias, os músculos sensíveis 
permanecem até 24 horas.

Na maioria dos casos, cãibras nas pernas são consideradas 
inofensivas. 
Eles aparecem por causa 
da fadiga, 
sobrecarga emocional
tomando certos medicamentos, etc.

Às vezes as convulsões são 

um sintoma de uma doença 

grave, por exemplo:

  • veias varicosas;
  • diabetes mellitus;
  • aterosclerose;
  • osteocondrose;
  • doença hepática;
  • Doenças da glândula tireóide, etc.

Para lidar rapidamente com cãibras nas pernas, a Academia Americana de Cirurgiões Ortopédicos (AAOS) oferece:
  • para parar a atividade que causou o espasmo;
  • alongar e massagear os músculos das pernas;
  • mantenha seu pé em uma posição esticada;
  • aplique ao calor de músculos ou vice-versa - uma compressa fria.
  • Além disso, exercícios leves antes de dormir, por exemplo, alguns minutos em uma bicicleta estacionária ou em uma esteira, também ajudarão.
Se as cãibras nas pernas não estiverem associadas a alguma doença, use exercícios de alongamento:
  • Endireite a perna e puxe os dedos dos pés até o joelho para alongar o músculo da perna.
  • Dê um passeio na ponta dos pés por alguns minutos.
  • Vá até a parede, puxe as mãos e coloque-as na parede. Com seus calcanhares, você vai descansar no chão. Mantenha essa posição por 10 segundos e, em seguida, volte suavemente para a posição normal. Repita 5-10 vezes.

As seguintes medidas também ajudarão a prevenir 

cãibras nas pernas:
  • Quando deitado ou dormindo, os dedos dos pés devem olhar para cima, coloque um travesseiro sob os pés.
  • Não se envolva muito no cobertor enquanto dorme.
  • Use sapatos adequados, especialmente se você tiver pés chatos e outros problemas com as pernas.
  • Faça exercícios para as pernas - apoie-os em tom.
  • Não sobrecarregue as pernas durante o exercício - aumente o ritmo gradualmente.
  • Evite treinos intensivos prolongados.
  • Não se esqueça de alongamento antes de iniciar os exercícios.
Na verdade, é uma falta de magnésio no corpo






Cabeçalhos: 
ARTIGOS DE INTERESSE DA SAÚDE 
LINKS ÚTEIS

fonte:  bar-guzin 

"(cãibra) contração muscular espasmódica e dolorosa, em geral causada pelo excesso de esforço "
Definições da Web

  1. (cãibra) contração muscular espasmódica e dolorosa, em geral causada pelo excesso de esforço [Variações: e ]; breca
    http://pt.wiktionary.org/wiki/cãibra
comente aqui


|UA-90649529-1

19/02/2018



comente aqui



|||
 ||| UA-90649529-1

17/01/2018



Luz Solar Pode Ser a Chave para a Perda de Peso  





Exposição à luz solar

Luz Solar .

Pode Ser a Chave para a Perda de Peso
em 
Dieta
Dieta na Mídia

Um novo estudo – de pesquisadores da Universidade de Alberta em Edmonton, Canadárevela um culpado inesperado para o ganho de peso no inverno: a ausência de luz solar.



Os pesquisadores, liderados por Peter Light, oriundos do Alberta Diabetes Institute, examinaram o efeito da luz solar em células de gordura subcutânea ou células de gordura brancaque podem ser encontradas logo abaixo da nossa pele.

Os resultados de sua investigação tornaram este um estudo inovador, que foi publicado recentemente na revista Scientific Reports.

Como a luz solarqueima” a gorduraPeter Light e equipe examinaram o chamado tecido adiposo branco subcutâneo (scWAT), que, como os autores explicam, é o principal depósito de gordura em seres humanos e tem um papel central na regulação do metabolismo do corpo inteiro”.

A gordura branca é conhecida como o 
tipo de gordura ruim”, 
pois armazena calorias 
que seriam idealmente 
queimadas por energia. 
 
Se for disfuncional, 
esse tipo de gordura pode levar a distúrbios cardiometabólicoscomo obesidadediabetes doença cardíaca.

Então, na tentativa de ajudar as pessoas com diabetes tipo 1Light colegas estavam trabalhando na forma de engenharia genética dessas células de gordura branca para produzir insulina quando expostas à luz.

Por acaso, eles descobriram que as células ScWAT tendem a encolher sob o efeito da chamada luz azul do sol – isto é, o tipo visível de luz que aumentaatenção humor durante o dia.


Isto foi o que eles encontraram:

“Quando os comprimentos de onda da luz azul do sol – a luz que podemos ver com o olho penetram a nossa pele e atingem as células de gordura logo abaixo, as gotículas lipídicas reduzem o tamanho e são liberadas para fora da célulaEm outras palavras, nossas células não armazenam tanta gordura “.

Ganho de peso no inverno explicado 

“Se você revirar as nossas descobertas”, diz Light, “a exposição solar insuficiente que temos 8 meses do ano vivendo em um clima do hemisfério norte pode estar promovendo o armazenamento de gordura e contribuindo com o ganho de peso típico que alguns de nós têm no inverno”.

“É cedo, mas não é um salto gigante supor que a luz que regula nosso ritmo circadianorecebida através de nossos olhos, também pode ter o mesmo impacto através das células de gordura perto da nossa pele”, acrescenta.

Os resultados podem abrir caminho para novas estratégias de perda de peso ou terapias baseadas na luz no tratamento de obesidade diabetes.

No entanto, Light adverte contra a adesão dessas descobertas perseguindo literalmente a exposição solar para perder peso, pois ainda existem muitas variáveis que permanecem desconhecidas.

“Por exemplo”, ele explica, “ainda não conhecemos a intensidade e duração da luz necessária para que isso seja ativado”.

Além disso, ele observa: “Há uma grande quantidade de estudos sugerindo que nossa geração atual sofrerá mais com excesso de peso que seus pais e talvez isso alinhe o debate sobre o que é uma exposição saudável ao sol”.

De qualquer forma, esta descoberta emocionante “certamente contém muitas pistas fascinantes para a nossa equipe e outras pessoas ao redor do mundo explorarem”, conclui Light.







"Você já tinha percebido que durante o inverno costumamos ganhar mais peso? Imaginava que poderia ter alguma relação com a luz solar? Comente abaixo!"


ARTIGOS COMPLEMENTARES




fonte:   .mundoboaforma 




UA-90649529-1


comente aqui

08/12/2017

|||

'O outro lado do paraíso': Raquel ajudará a provar sanidade de Clara 




Raquel e Patrick (Foto: Globo/Raquel Cunha)

... capítulos de "O outro lado do paraíso", Raquel (Erika Januza) ficará sabendo, através de Patrick (Thiago Fragoso), advogado e sobrinho de Beatriz (Nathália Timberg), que Clara (Bianca Bin) foi interditadaEla usará seus poderes como juíza para ajudar a amiga.

Quantas vezes me perguntei o que teria acontecido com Clara. 
Desapareceu. 
Evaporou. 
Agora diz que estava em um hospício - dirá ela, que acrescentará: - Ela nunca foi louca
Tinha um marido, isso sim. 
O marido é que tinha problemas. 
O caso muda de figura. Espere. Vamos encontrar o processo de interdição de Clara. A decisão judicial.
A juíza descobrirá, então, que o processo foi feito de maneira suspeita. Ela contará a Patrick que se uma junta médica decidir que Clara está em posse de suas faculdades mentais, poderá reverter a interdição.
- Só vou lhe pedir um favor. Envie o laudo da junta médica diretamente a mim mesma - solicitará ela.
- Faço melhor. Eu mesmo trago o laudo. Em mãos -  ele responderá.
fonte:  kogut.oglobo.globo ||| UA-90649529-1

comente aqui




08/11/2017


|






  • + Atendimento individual personalizado
  • + Equipe de profissionais qualificados
  • + Atendimentos com hora marcada
  • + Referência em fisioterapia
  • + Atendimento domiciliar
  • + Ambiente acolhedor











fonte: clinicafisiocare

||| UA-90649529-1

comente aqui  

|||


comente aqui


 


 ||| UA-90649529-1

01/11/2017


||| 09  (nove)SINALIZA QUE O NÍVEL DE AÇÚCAR NO SANGUE é MUITO ALTO

Você deve saber isso!





Nosso sangue contém açúcar naturalmente, mas é na forma de glicose, e quando seus níveis estão dentro do intervalo normal, suas células e órgãos recebem a energia necessária para o bom funcionamento. 


O nível de açúcar no sangue é controlado pelo uso de insulina, que é o hormônio que seu corpo produz. 
A insulina remove o açúcar do seu sangue e o entrega às células e aos órgãos
Se você tem diabetes tipo, o sistema imunológico do seu corpo começa a atacar as células pancreáticas responsáveis ​​pela produção de insulinae se você sofre de diabetes tipo 2seu pâncreas produz insulina, mas seu corpo não poderá usá-la corretamente.



Alto nível de açúcar no sangue - o que causa isso?  

O alto nível de açúcar no sangue pode ocorrer como resultado de muitos fatores, mas geralmente é causado por um aumento do nível de estresse ou após algumas doenças.


Aqui estão alguns dos gatilhos mais comuns para aumentar os níveis de açúcar no sangue:

- Insuficiência de insulina ou outros medicamentos para diabetes 
- Maior consumo de carboidratos 
- Inatividade física 
- Infecção ou doença 
- Cirurgia ou danos a certos tipos 
- Alguns medicamentos.

Os sinais mais comuns de níveis elevados de açúcar no sangue


Tingling, queimadura ou entorpecimento


Se o nível de açúcar no sangue é alto, você pode sentir coceira ou queimação em seus membros ou se sentir entorpecido. Isso pode indicar que você tem diabetes, porque a neuropatia diabética geralmente se manifesta dessa maneira.


Sentir-se com fome o tempo todo


Se o seu nível de açúcar no sangue é muito alto, seu corpo não terá energia, deve desempenhar suas funções e você começará a experimentar ânsias de comida para que você possa aumentar seus níveis de energia e encontrar uma fonte alternativa de energia nos alimentos.

Visitas freqüentes ao banheiro  

Osaltos níveis de açúcar no sangue geralmente terminam nos rins e passam pela sua urina, exigindo visitas freqüentes ao banheiro. 

Sentir-se sedento o tempo todo
Aumento dos níveis de açúcar nos rins pode fazer você sentir sede o tempo todo.
rápida perda de peso 

Se as células não recebem glicose suficiente, seu corpo começa a queimar músculo e gordura para obter a energia de que necessitam, e pode levar à perda de peso inexplicável e súbita ou ganho de peso, assim que considerar o seu peso para eventuais oscilações inexplicáveis.


Problemas de concentração


Tudo está relacionado ao seu corpoentão um desequilíbrio nos níveis de açúcar no sangue também pode afetar sua saúde mentalo que leva a problemas de memóriadificuldade em concentrar concentrar a atenção.

Fadiga

Quando seu corpo não recebe a energia necessária para suas células, ele pode causar fadiga permanentemente.

As feridas cicatrizam lentamente

Se o nível de açúcar no sangue for alto, 
pode danificar os nervos 
e causar uma cicatrização mais lenta das feridas 
após a lesão
então, se perceber que este é um problema comum, verifique o nível de açúcar.

Visão turva e tonturas

<)
Ambos os sintomas podem ser causados ​​por 
altos níveis de açúcar, 
por isso, se você notar que sua 
visão está embaçada 
ou que muitas vezes sente tonturas
não ignore, 
consulte um especialista.

Fonte

Fonte → 

fonte e créditos:  zhivitezdorovo 

||| UA-90649529-
c1omente aqui

 

Postagem em destaque

Saiba sobre: "riscos de uma batida na cabeça"

Os riscos de uma batida na cabeça As crianças se movimentam, brincam e correm. Devido a sua imaturidade mental assumem alguns...

Seguidores


buscas populares …apareça nas buscas… cadastre seu web site aqui…/buscas populares…alô negócios !!!…
|| Пост!Featured on Hometalk.com