♂Saúde ♀ diversas categorias - dicas♀

♂Saúde ♀ diversas categorias - dicas♀

Pesquisar

Postagem em destaque

Por quê as pessoas enjoam?

Cinetose é a causa de enjoos durante longas viagens "O popular "Mal do Movimento" pod...

SDCD



Mostrando postagens com marcador introdução. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador introdução. Mostrar todas as postagens



"Saúde

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.





A definição de saúde implicações legais, sociais e econômicas dos estados de saúde e doença; sem dúvida, a definição mais difundida é a encontrada no preâmbulo da Constituição da Organização Mundial da Saúde: Saúde é um estado de completo bem-estar físico, mental e social, e não apenas a ausência de doença.

Índice



Definições

Quando a Organização Mundial da Saúde foi criada, pouco após o fim da Segunda Guerra Mundial, havia uma preocupação em traçar uma definição positiva de saúde, que incluiria factores como alimentação, atividade física, acesso ao sistema de saúde etc. O "bem-estar social" da definição veio de uma preocupação com a devastação causada pela guerra, assim como de um optimismo em relação à paz mundial — a Guerra Fria ainda não tinha começado. A OMS foi ainda a primeira organização internacional de saúde a considerar-se responsável pela saúde mental, e não apenas pela saúde do corpo.
A definição adotada pela OMS tem sido alvo de inúmeras críticas desde então. Definir a saúde como um estado de completo bem-estar faz com que a saúde seja algo ideal, inatingível, e assim a definição não pode ser usada como meta pelos serviços de saúde. Alguns afirmam ainda que a definição teria possibilitado uma medicalização da existência humana, assim como abusos por parte do Estado a título de promoção de saúde.
Por outro lado, a definição utópica de saúde é útil como um horizonte para os serviços de saúde por estimular a priorização das ações. A definição pouco restritiva dá liberdade necessária para ações em todos os níveis da organização social.
Christopher Boorse definiu em 1977 a saúde como a simples ausência de doença; pretendia apresentar uma definição "naturalista". Em 1981, Leon Kass questionou que o bem-estar mental fosse parte do campo da saúde; sua definição de saúde foi: "o bem-funcionar de um organismo como um todo", ou ainda "uma actividade do organismo vivo de acordo com suas excelências específicas." Lennart Nordenfelt definiu em 2001 a saúde como um estado físico e mental em que é possível alcançar todas as metas vitais, dadas as circunstâncias.
As definições acima têm seus méritos, mas provavelmente a segunda definição mais citada também é da OMS, mais especificamente do Escritório Regional Europeu: A medida em que um indivíduo ou grupo é capaz, por um lado, de realizar aspirações e satisfazer necessidades e, por outro, de lidar com o meio ambiente. A saúde é, portanto, vista como um recurso para a vida diária, não o objetivo dela; abranger os recursos sociais e pessoais, bem como as capacidades físicas, é um conceito positivo.
Essa visão funcional da saúde interessa muito aos profissionais de saúde pública, incluindo-se aí os médicos, enfermeiros, fisioterapeutas e os engenheiros sanitaristas, e de atenção primária à saúde, pois pode ser usada de forma a melhorar a eqüidade dos serviços de saúde e de saneamento básico, ou seja prover cuidados de acordo com as necessidades de cada indivíduo ou grupo.

Determinantes da saúde

A percepção de saúde varia muito entre as diferentes culturas, assim quanto as crenças sobre o que traz ou retira a saúde. A OMS define ainda a Engenharia sanitária como sendo um conjunto de tecnologias que promovem o bem-estar físico, mental e social. Sabe-se que sem o saneamento básico (sistemas de água, de esgotos sanitários e de limpeza urbana) a saúde pública fica completamente prejudicada.
A OMS reconhece ainda que a cada unidade monetária (dólar, euro, cruzado, etc.) dispendida em saneamento economiza-se cerca de quatro a cinco unidades em sistemas de saúde (postos, hospitais, tratamentos,etc.) e que cerca de 80% das doenças mundiais são causadas por falta de água potável suficiente para atender as populações.

Profissões da área da saúde

O Estado republicano obriga à regulamentação das profissões consideradas indispensáveis para o bem-estar do cidadão brasileiro, através da prática assistencial responsável e segura ao ser humano. No Brasil, a regulamentação das profissões de saúde se dá através de decretos e leis somente em nível federal, envolvendo o Congresso Nacional do Brasil e o Presidente da República.
As profissões regulamentadas na área da Saúde no Brasil, em ordem cronológica pela primeira lei de exercício, são:

Ver também

Referências

  • Almeida Filho, Naomar de; Jucá, Vládia, Richard Magregory (2002). Saúde como ausência de doença: crítica à teoria funcionalista de Christopher Boorse. Ciênc. saúde coletiva 7(4): 879-889. Disponível em: www.scielo.br. DOI:10.1590/S1413-81232002000400019.
  • Bok, Sissela. Rethinking the WHO Definition of Health. Working Paper Series. Cambridge: Harvard Center for Population and Development Studies, 2004. Disponível em www.hsph.harvard.edu (pdf).
  • Lalonde M – (1974) A New Perspective on the Health of Canadians. Minister of Supply and Services Canada, 1981. Cat. No. H31-1373. ISBN 0-662-50019-9, 1974. (em inglês) www.hc-sc.gc.ca
  • Organização Mundial da Saúde. Constitution of the World Health Organization. Basic Documents. Genebra: OMS, 1946. Disponível em whqlibdoc.who.int (pdf).
  • ____. Health Promotion: A Discussion document on the concept and principles. Copenhague: Ecritório Regional Europeu da OMS, 1984. Citado em: Starfield, Barbara. Atenção primária: equilíbrio entre necessidades de saúde, serviços e tecnologia Brasília: UNESCO, Ministério da Saúde, 2002. 726p. Disponível em unesdoc.unesco.org (pdf).
  • Roberts, J L. Terminology. A glossary of technical terms on the economics and finance of health services. Copenhague: World Health Organization. Regional Office for Europe, 1998. Disponível em www.who.dk (pdf).
  • Girardi, S.N., Fernandes Jr, H. e Carvalho, C.L. A Regulamentação das Profissões de Saúde no Brasil. Disponível no site da Universidade Estadual de Londrina, página da Revista Espaço para a Saúde [1] (doc), acesso em 25 de Abril de 2008

Ligações externas

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Definições no Wikcionário
Livros textos no Wikilivros
Citações no Wikiquote
Categoria no Commons
Notícias no Wikinotícias
Categoria no Wikinotícias

Seguidores


buscas populares …apareça nas buscas… cadastre seu web site aqui…/buscas populares…alô negócios !!!…
|| Пост!Featured on Hometalk.com