♂Saúde ♀ diversas categorias - dicas♀

♂Saúde ♀ diversas categorias - dicas♀

Pesquisar

Mostrando postagens com marcador visão. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador visão. Mostrar todas as postagens

25/05/2013




ENTREVISTA
Lufe Gomes


DRAUZIO VARELLA


“O CONFORTO É O SEU INIMIGO”


Drauzio Varella (Foto: Lufe Gomes)
Drauzio Varella, aos 69 anos, é hoje o médico mais conhecido do Brasil. É também escritor best-seller, com Estação Carandiru. Não bastasse, foi um dos fundadores do cursinho Objetivo, um dos pioneiros no combate à aids no Brasil e por 20 anos dirigiu o serviço de Imunologia do Hospital do Câncer, em São Paulo. Nesta entrevista, o cancerologista fala sobre o estresse permanente no ambiente corporativo, os avanços da medicina, o trabalho voluntário nas prisões e seu próximo livro. 






O brasileiro está


cuidando bem da 

saúde? 

Não. 

Cuidar bem da saúde

quando você fica doente 
não é cuidar da sua saúde. 

Nós temos uma visão da saúde

como obrigação dos outros. 


O cara engorda 30 quilos,

bebe, fuma e,

quando passa mal,

acha que os médicos precisam resolver.


Quais são hoje os piores problemas dos 

brasileiros? 


A obesidade e o sedentarismo. 


Atualmente, 48% da população adulta está acima do peso. 

Qual o resultado? 

Metade dos brasileiros aos 50 anos é hipertensa.

Aos 70 anos, são 70%. 

É gente dependendo da saúde pública para tratar de pressão arterial e dos problemas que ela gera: ataque cardíaco, insuficiência renal, derrame, diabete e cegueira. 

Não há sistema de saúde que aguente.
Reprodução (Foto: Reprodução)
Quais os prejuízos à saúde quando se trabalha demais? 

A maioria das pessoas que trabalha muito vive em estresse permanente. 

Falta tempo para descontrair e para fazer exercício. 

E a vida sedentária é uma tragédia. 

Um cara que trabalha 15 horas mal tem tempo de chegar ao trabalho e voltar para casa. Tem gente que me pergunta: como eu faço para fazer exercício? Problema seu. 

Se você não consegue tirar 30 minutos por dia para fazer exercício, está vivendo errado.


Como os executivos podem cuidar da 

saúde

Tem de achar um jeito de fazer exercício. Subir a escada, pelo menos. Qualquer escritório tem uma escada. Parar o carro longe, para andar um pouco mais. Lutar contra a preguiça. Você considera que o esforço físico é uma desvantagem, mas é o conforto que é o seu inimigo. Ao contrário de outras máquinas, o corpo humano não se desgasta com o exercício físico, ele se aprimora. A circulação fica mais eficiente, oxigena melhor os tecidos, o coração, o cérebro. Ajuda a ter uma função cognitiva mais completa. O segundo conselho é não comer tudo o que lhe oferecem.
Como aliviar o estresse? 

Fazer meditação e ioga pode ajudar alguns. Para quem não quer isso, a única alternativa é exercício. O estresse é um mecanismo sem o qual nós não estaríamos conversando agora. Se você dá de cara com um animal no meio da floresta, reage por causa do estresse. O problema do estresse moderno é que você não encontra um animal na floresta. O estresse é permanente. Ao fazer exercício, você libera diversas substâncias que dão a sensação de paz e tranquilidade que falta no mundo moderno.

O trabalho pode se tornar um vício? 

Ele pode se tornar uma compulsão. 

Acontece muito. 

Você vê gente para quem a vida só tem sentido no trabalho. 

Tem aqueles que têm compulsão por 

compras, 

por jogo, 

pela internet. 

As compulsões  

têm mecanismos muito semelhantes

que são mecanismos de  

recompensa, 

em que você aposta 

e tem a recompensa imediata. 


É isso que causa dependência.

Isso pode ser tratado com remédio? 


A medicina  

não sabe como tratar  

compulsões. 



Não sabe tratar 

usuário de droga, 

nem alcoólatra. 

Quem mais cura alcoólatra no Brasil? 

Os Alcoólicos Anônimos. 

Se um grupo de autoajuda 

cura mais do que a medicina

é porque a medicina está mal.
Reprodução (Foto: Reprodução)
Que grandes avanços da medicina 

veremos no futuro? 


O que teremos serão tratamentos muito mais específicos.

 Não tem cabimento fazer quimioterapia que funciona só em 40% dos casos

Teremos medicamentos adaptados ao organismo dos pacientes e especialmente ao mecanismo que está na origem da doença. 

Será possível tratar com o mesmo remédio enfermidades muito diferentes, como câncer, artrite reumatoide e lúpus, porque o mecanismo a ser atacado é o mesmo.

O senhor faz trabalho voluntário em prisões há 23 anos. 

Como isso começou?



 Foi no Carandiru, quando fui fazer um filme sobre aids, em 1989. 

Quando entrei lá fiquei muito interessado por aquele ambiente. 

Testamos os presos e verificamos que 17,3% estavam infectados pelo HIV, principalmente porque usavam cocaína injetável. 

Eu me interessei por fazer um trabalho educativo com eles

me envolvi, acabei atendendo doentes e fui ficando. 

Quando o Carandiru fechou, passei para outras penitenciárias.


O senhor já publicou o 

best-seller Estação Carandiru

acaba de lançar o livro 

Carcereiros 

e está escrevendo mais um. 

Ele vai se chamar As Prisioneiras. 


Quero mostrar como funciona uma cadeia de mulheres. 


Quando uma mulher é presa, 

o marido larga, 

o namorado esquece 

e a mãe desaparece. 

Se a mãe tem um filho

 e uma filha presos,

 ela vai visitar o filho, 

mas não a filha.


O senhor foi um dos fundadores do 

Objetivo... 

Eu cursava a faculdade de medicina da USP e dava aula num cursinho. 

Naquela época, os cursinhos terminavam em dezembro e só voltavam em fevereiro. 
Eu e o Di Genio [João Carlos, atual dono do Objetivo], que também estudava na USP e dava aulas, tivemos a ideia de fazer um cursinho de férias. 

Eu dei o nome de Objetivo, porque era para o curso ser objetivo. 

No dia em que abrimos as inscrições, cheguei às 8h e tinha uma fila de umas 400 pessoas. 

Nós tínhamos só duas salas para 50 alunos. 

Eu liguei para o Di Genio e perguntei: ‘somos só dois, como vamos dar aula para tantos?’. 

Ele me disse: ‘matricula todo mundo e depois damos um jeito’. 

Daí você vê a cabeça do empresário. 

Foi assim que começou o Objetivo. 

Continuei dando aula lá por 16 anos, mas fiz bem em sair. 

Não teria dado certo, eu teria me frustrado. 

Nunca pensei em fazer outra coisa além da medicina.

Reprodução (Foto: Reprodução)





fonte:

  Twitter Facebook Google Plus LinkedIn RSS Feed Email assuntos no momento ASDBLEB 196x45 KDVC
comente aqui  



 



13/10/2011


...cuide da vista...
...Dia Mundial da Visão...
...(^.^)...(º.º)...|`_´|...(-.-)...($.$)...
...você sabe proteger a 
saúde dos seus olhos?

você sabe proteger a 
saúde dos seus olhos?

 Ficar muito tempo na frente da tela de computador?
 
Deixa os olhos mais secos, podendo causar irritações
 

Nota: De acordo com um estudo do National Institute of Occupational Health and Safety, nos Estados Unidos, 90% dos trabalhadores que passam mais de três horas por dia diante da tela do computador acabam tendo problemas de ressecamento dos olhos. 

 "Quando lemos em uma tela de computador, os nossos olhos piscam menos do que o necessário para manter os olhos lubrificados", diz o oftalmologista Virgílio Centurion.


Imagem bonita: Homem em computador


Os problemas nos olhos são hereditários?

Você sabe proteger a saúde dos seus olhos?

Dia Mundial da Visão ajuda a lembrar como cuidar da vista



por Fernando Menezes 
 
"Hoje é comemorado o Dia Mundial da Visão, data escolhida pela Organização Mundial da Saúde para conscientizar as pessoas da importância de cuidar bem desse sentido


Proteger os olhos parece tarefa fácil, mas, durante a correria do dia a dia, passamos por várias situações que podem aumentar as chances de problemas na vista.
 
O segredo é saber evitá-las. ? 

Os médicos brasileiros são referência mundial quando se trata de saúde ocular

Mesmo assim, a melhor maneira de manter os olhos saudáveis é tomando atitudes de prevenção, explica oftalmologista Virgílio Centurion, especialista do Minha Vida. "

Veja também:








 Óculos Escuros:                                                                    

É aconselhável todos os dias, mesmo durante a infância.
 
Nota: Usar óculos escuros é mais do que uma questão de estilo ou vaidade, é uma questão de saúde. "Os óculos de sol devem proteger os olhos contra a radiação prejudicial que pode danificar a córnea, o cristalino e a retina", explica o oftalmologista Virgílio Centurion. 

É preciso cuidado dobrado ao escolher o produto certo para proteger os olhos. 

"Muitos óculos escuros apenas passam a sensação de proteção, quando, na verdade, não oferecem nenhum tipo de filtro contra a radiação solar", dia a oftalmologista Erika Rodrigues, do Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos. Ela aconselha comprar óculos escuros em óticas, onde há equipamentos que podem medir o nível de proteção das lentes contra os raios solares.

Esfregar os olhos pode prejudicar a visão?


Sim, pode causar traumas na córnea
Nota: De acordo com a oftalmologista Erika Rodrigues, Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos, coçar os olhos com muita frequência e intensidade pode irritar os olhos e, em casos mais graves, pode até alterar a anatomia da córnea, aumentando as chances de problemas de visão.


As alergias nos olhos são mais comuns em que época do ano? 
As alergias aparecem durante o ano todo
Nota: Diferente do que acontece em muitos países, as estações do ano não influenciam muito na frequência de alergia nos olhos

"Em outros países, o pólen é um grande fator causador de alergias. No Brasil, os principais são a poluição e os ácaros, que atacam durante o ano todo", diz a oftalmologista Erika Rodrigues.


O uso de colírios:                                       

Deve ser feito apenas após consulta médica
Nota: O uso de medicamentos sem prescrição médica é um sério problema e os colírios não ficam de fora dessa regra. "O perigo dessa prática para a visão é grande. Muitas vezes, os remédios não prescritos por um oftalmologista causam novas doenças, mascaram os sintomas da real moléstia ou, ainda, não têm efeito nenhum, fazendo com que o incômodo e o mal estar do paciente persistam", alerta Virgílio Centurion. Ele também explica que o uso de colírios com antibióticos de forma crônica e irregular pode facilitar o aparecimento de mutações de bactérias que se formam resistentes ao medicamento, o que deixa o tratamento mais difícil.


A dor de cabeça pode ser um sinal de problemas de visão?
Sim
Nota: Pessoas que têm miopia ou hipermetropia, mas que ainda não usam óculos, podem apresentar dores de cabeça no final do dia. 

"Os músculos dos olhos conseguem compensar pequenos graus, mas, no final do dia, tanto esforço pode causar dor de cabeça", diz a oftalmologista Erika Rodrigues. O problema é mais fácil de ser notado em profissionais que leem muito durante o dia.

 
É comum sentir enjoo após começar a usar óculos?                                                          
Sim.  
Se a pessoa não está acostumada a usá-los
Nota: De acordo com a especialista, pacientes que passaram muito tempo convivendo com problemas de visão, como miopia e hipermetropia, podem estranhar o uso dos óculos nos primeiros dias. "A partir do momento em que os músculos dos olhos não precisam mais compensar o grau, o cérebro pode ter dificuldade de se adaptar", diz a oftalmologista Erika Rodrigues.

 
---

"Por isso, é importante ficar atento a alguns hábitos que podem prejudicar a saúde dos olhos e causar problemas de visão. Responda ao quiz e descubra quais são eles. "



Os problemas nos olhos são hereditários?


Histórico familiar é um fator de risco para doenças como catarata e glaucoma
Nota: Tanto a catarata (envelhecimento do cristalino) quanto o glaucoma (degeneração das células da retina), podem ser considerados hereditários. Por esse motivo, pessoas que tenham casos dessas doenças na família devem consultar um oftalmologista anualmente a partir dos 40 anos de idade.











Alguns alimentos ajudam a proteger a visão?                                                    

Sim, alimentos ricos nas vitaminas A e E, além do ômega 3
Nota: De acordo com a oftalmologista Erika Rodrigues, não existe nenhum alimento que prejudique diretamente a visão, mas há alguns nutrientes, como vitamina A, vitamina E e ômega 3, que mantêm a saúde dos olhos em dia. "Alimentos como cenoura, mamão, pêssego brócolis e peixes gordurosos deixam mais eficiente o modo como os olhos captam a luz, além de ajudar na lubrificação dos olhos", explica.


O diabetes aumenta as chances de problemas nos olhos?




Diabetes aumenta as chances de catarata
Nota: Como a falta de fluxo sanguíneo nos olhos pode aumentar as chances de catarata, pessoas com diabetes estão mais sujeitas a esse problema.
"O sangue do diabético é mais denso, mais viscoso, dificultando sua passagem por vasos sanguíneos muito finos, como é o caso dos vasos capilares dos olhos", diz Erika Silvino Rodrigues.


Assistir televisão no escuro
 
 

http://images3.minhavida.com.br/imgHandler.ashx?mid=15330&w=250&h=250

Pode prejudicar a saúde dos olhos 
 
Nota: Um ambiente totalmente escuro pode ser utilizado no cinema, mas, no dia a dia, pode ser prejudicial à visão. Quando o quarto está totalmente escuro, o contraste entre a tela da TV e a área em torno dela torna-se muito grande para que a visão fique confortável e eficiente, podendo deixar a vista cansada.  

"Deve-se iluminar a sala de maneira pouco intensa, de preferência de maneira lateral à tela e ao espectador", alerta o oftalmologista Virgílio Centurion.




Imagem bonita: Close up espelho olho

Dia Mundial da Visão convida a cuidar da vista
fonte:
minhavida.

♂♀ http://saudediversascategoriasdicas.blogspot.com

Postagem em destaque

clinicafisiocare, clínica, fisiocare, saúde, dicas, pilates,

| + Atendimento individual personalizado + Equipe de profissionais qualificados + Atendimentos com hora marc...

Seguidores


buscas populares …apareça nas buscas… cadastre seu web site aqui…/buscas populares…alô negócios !!!…
|| Пост!Featured on Hometalk.com