♂Saúde ♀ diversas categorias - dicas♀

♂Saúde ♀ diversas categorias - dicas♀

Pesquisar

10/06/2010

 

 

São Paulo deve vacinar 2,9 milhões contra pólio

Campanha acontece no dia 12 de junho

A Secretaria de Estado da Saúde realiza no próximo dia 12 de junho, sábado, a primeira fase da Campanha de Vacinação contra a Poliomielite, que pretende imunizar 2,9 milhões de crianças menores de cinco anos contra a doença em todo o Estado (veja metas por região abaixo). O número corresponde a 95% dos 3,05 milhões de paulistas nesta faixa etária.


Para a primeira fase da campanha serão mobilizados 17.097 postos de vacinação fixos e volantes em todo o Estado, que funcionarão das 8h às 17h. Serão 53,4 mil profissionais de saúde, 4,2 mil veículos e cinco barcos envolvidos na operação. A segunda etapa da campanha ocorrerá em 14 de agosto.



Além da vacina contra a poliomielite, as crianças que forem aos postos de saúde poderão colocar em dia sua caderneta de vacinação. Estarão disponíveis vacinas como a Tetravalente (contra difteria, tétano, coqueluche e hemófilo B), Tríplice viral (contra sarampo, caxumba e rubéola) e contra hepatite.


Desde 1988 o Estado de São Paulo não registra casos de paralisia infantil, mas a vacinação de crianças continua sendo importante porque o vírus da pólio ainda circula em países da África e da Ásia, representando, portanto, uma ameaça à população mundial.


É muito importante que todas as crianças menores de cinco anos sejam levadas aos postos de saúde no próximo dia 12 para receber uma dose da Sabin. As duas gotas da vacina garantem proteção eficaz contra a poliomielite”, afirma o secretário de Estado da Saúde, Luiz Roberto Barradas Barata.

Causada pelo poliovírus selvagem, a poliomielite é caracterizada por febre, mal-estar, cefaléia e pode causar paralisia. A vacina é segura e os efeitos colaterais são extremamente raros.

fonte:
http://servicos.br.msn.com/artigo.aspx?
cp-documentid=24449193


♂♀ http://saudediversascategoriasdicas.blogspot.com

04/06/2010

fonte e créditos:

http://www.marianaterapeutaocupacional.com/

depressao-a-doenca-que-transforma-em-cafe-com-leite/

 

Depressão: a doença que transforma em café-com-leite

(Texto publicado originalmente no Jornal do Marapé, de Santos)

A depressão é uma doença muito popular. A extrema tristeza, a vontade de passar os dias na cama e o desejo de morrer são bem conhecidos.
Além disso, com o uso de remédios a pessoa, pelo menos no início, pode se sentir sem personalidade, como se fosse outra. Simplesmente não se reconhecendo.
Tenho certeza que muitos de vocês já ouviram falar nisso tudo, mas será que já prestaram atenção em como reagem quando alguém conta que já teve depressão?

Organizo a maioria das reações em dois grandes grupos. Primeiro, os que já tiveram a doença e compreendem perfeitamente oFelicidadeproblema, e segundo os que dizem entender e, às escuras, acreditam que quem teve depressão não conseguirá ter uma vida normal.
O tratamento da doença pode incluir medicamentos e tratamento com psiquiatra, psicólogo e terapeuta ocupacional, e após tudo isso a vida volta aos eixos.
Claro que, devido a situações pontuais, a depressão pode voltar, mas nesses casos a busca por ajuda profissional mais uma vez entra em cena para ajudar.
O que é certo é que não é porque alguém teve depressão que sua vida não dará certo ou que podemos considerá-lo “café-com-leite” em suas decisões.
Todos têm problemas e estão sujeitos a ter depressão, e isso não significa que a vida acaba. Receber apoio e respeito, principalmente, de quem está por perto é muito importante para se confirmar a certeza de que vale a pena voltar à vida.



♂♀ http://saudediversascategoriasdicas.blogspot.com

Postagem em destaque

clinicafisiocare, clínica, fisiocare, saúde, dicas, pilates,

| + Atendimento individual personalizado + Equipe de profissionais qualificados + Atendimentos com hora marc...

Seguidores


buscas populares …apareça nas buscas… cadastre seu web site aqui…/buscas populares…alô negócios !!!…
|| Пост!Featured on Hometalk.com